Ricardo Garcia

estudiofitacrepe é a plataforma de trabalho de Ricardo Garcia criada em 2002 com o objetivo de estabelecer parcerias e diálogos com artistas e grupos das áreas das artes plásticas, cênicas e audiovisuais. Ricardo desenvolve sua pesquisa em arte sonora. Reside na cidade de São Paulo onde coordena o estudiofitacrepeSP- ateliê de som e movimento, em parceria com a diretora e performer Kenia Dias. Entre os anos de 2000 e 2011 trabalhou em Belo Horizonte/MG com diversos artistas e grupos. Foi professor de Trilha Sonora do (CEFAR) Centro de Formação Artística do Palácio das Artes BH/MG de 2000 `a 2011 onde fundou e coordenou o Laboratório de Trilha Sonora. Também coordenou o Núcleo de Sonoplastia do Galpão Cine Horto em 2010/2011, além de ministrar oficinas e workshops.Foi coordenador e curador do Festival de Performance BH.

2017- Temporada do espetáculo “Vaga Carne” de Grace Passô no Sesc Pompéia, Janeiro/2017; Coordenador da Oficina de Objetos Sonoros com Felipe Vilassanches e Deco Zito no MASP (Museu de Arte de São Paulo); Curador e Produtor de apresentações no estúdiofitacrepeSP pelo prêmio Funarte (Palcos Permanente 2016/2017);Apresentações do espetáculo Fílon- o teatro do mundo com temporada no estúdiofitacrepeSP; apresentação solo de Anônimo na FIMF-M e Tarde Abstrata na Galeria Bendgy(SP).

2016-Produção e Curadoria do estúdiofitacrepeSP; do Festival Bigorna- Música Instrumental Experimental-SP (Proac); da programação Palcos Permanentes (Funarte) 2016/2017 com a realização de 40 apresentações de música experimental; diretor da montagem “Filon: o teatro do mundo” em parceria com Kenia Dias e produção do estúdiofitacrepeSP contemplada pelo Proac, onde faz a direção, trilha sonora e direção de arte do espetáculo; Trilha Sonora do espetáculo Vaga Carne de Grace Passô com apresentações nos Festivais de Salvador, Porto Alegre, Curitiba, e temporada no Sesc Copa Cabana (RJ); Integrante do Grupo de Pesquisa Vaga-Mundo Poéticas Nômades, exposição na Elefante Galeria (BSB) com a Instalação Sonora “Ilha do Retiro”; Trilha Sonora, iluminação e cenário do espetáculo “A Inconstância da Vontade” EAD-USP com direção de Kenia Dias; Oficina de Som e Movimento com Kenia Dias no estúdiofitacrepeSP e na Oficina Cultural Oswald Andrade-SP; Oficina de Espacialização Sonora,  apresentação de trabalho solo do Campos de Experimentação Sonora em São José dos Campos; Instalação Bigorna em parceria com o compositor Rodolfo Valente para a praça Bigorna (José Molina) no Festival de mesmo nome.

2015-Coordenação e curadoria do estudiofitacrepeSP ; direção musical da Banda Sonora, núcleo de criação de trilhas sonoras do estúdiofitacrepeSP, sonorizando Blackmail de Alfred Hitchcock(1929) apresentado no Sesc Santana, Museu da Imagem e do Som/SP, Cine Olido (SP) e no projeto AVAV (audio visual ao vivo)SP; Apresentação da peça “Cidade Invisíveis”, obra eletroacústica do duo Eletro-Radiobras, no Festival Multiplicidade-RJ.

2014-Coordenação e curadoria do estudiofitacrepeSP-ateliê de som e movimento; trilha sonora e iluminação do espetáculo “Carne Moida” EAD-USP, com Direção de Kenia Dias e Grace Passô.

2013- Instalação Sonora "Curtindo a Lagoa"-Festival Internacional de Música Câmbio-S, BH;
Instalação Sonora para a peça "Os Ancestrais"-Grupo Teatro Invertido BH; Apresentação de Live Sounscape no Festival de Música Livre Independente "Pequenas Sessões".

2012- "Praça Pau Brasil"(paisagem sonora) composição selecionada para a comemoração dos 100 anos do compositor John Cage pela "Electronic Music Foundation"-Ear to the Earth (www.eartotheearth.org/johnx100.html); Produção e execução do projeto Soundscape São Paulo em parceria com o artista sonoro Luca Forcucci; Instalação Sonora para a Cia.de Dança do Palácio das Artes BH (Dir.Kenia Dias); Paisagens Sonoras da peça Ode Marítima-Teatro da Figura BH (Dir.Juliana Pautilla); Orientador das composições de paisagens sonoras da peça interativa Play Me (Dir.Rodrigo Campos) BH; Professor do curso de pós graduação Movimento e Ação: Arte da Performance da Faculdade Angel Vianna ministrando a disciplina Som em Performance.


2011- Sonoplastia do espetáculo "Eclipse" Grupo Galpão; Ministrante da oficina "Ação Sonora" FUNARTE-BH; Laboratório de Pesquisa e Composição em música eletroacústica "Around the World" parceria com o ítalo-suíço Luca Forcucci na cidade de Neuchatel/Suíça; Colaborador no Intersessões#4 e #7 (Azucrina Records) com Fabiano Fonseca do estúdio Andar, Marcelo Dante do estúdio 45Jujubas, o video artista Felipe Turcheti e Vanessa De Michelis do coletivo Azucrina Records; Integrante da banda/laboratório" FeijãoLunar" duo com Fabiano Fonseca onde exploram sonoridades eletrônicas e rock sem gravidade ; Trilha Sonora  em parceria com André Thitcho do Expetáculo de Dança "Horas Possíveis" grupo Camaleão BH/MG (Dir.Chico Pelúcio);Diretor artístico e curador do 2Festival de Performance BH;Direção do Expetáculo "HAVIA" em parceria com Kenia Dias, CEFAR Palácio das Artes; apresentação do trabalho multimídia "CepiáXiíCatu" no Flatpack Festival Birmingham/UK.

2010- Áudio Performance“SoundSpecific/Sons do Lugar” trabalho solo apresentado no Festival de Arte Efemera de Brasília/D.F; Coordenou a intervenção Sonoro Visual "PixelAção" em parceria com os artistas Kenia Dias, Karina Dias e Juliano Mendes em oficina realizada no Arte Hoje em Ouro Preto; Diretor de “Padedéu” trabalho de pesquisa focado na relação entre som e movimento criado em parceria com a performer Kenia Dias apresentado no 3.Festival Contemporâneo de Dança de SP; Trilha Sonora do Oficinão 2010 do Galpão Cine Horto; Direção Musical "Delírio em Terra Quente" CEFAR BH/MG (dir.Grupo Espanca); Colaborador "Intersessões#2" (Azucrina Records) com 4propri8, Mznu e Lise; Participou do "Música Livre" com Guilherme Darisbo, Yuki Yama, Lise e Barulhista .

2009- Diretor musical do espetáculo Jogo das Velhas da Escola de Teatro da Fundação Clóvis Salgado e do trabalho musical Luna Clara e Apolo Onze realizado com o Grupo de Percussão do CEFAR; Diretor musical "Prato do Dia" Oficinão do Galpão; Trilha Sonora "O Cara Preta" da Cia Maldita de Teatro (BH-MG); Trilha Sonora do curta metragem "Mais Pesado que o Ar" em parceria com Daniel Nunes "Lize"; Trilha Sonora "Proibido Retornar" Grupo Teatro Invertido BH/MG; Ministrante da Oficina "Corpo Sonoro" em parceria com o ator e diretor Lenine Martins no Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana/MG e no 9.Festival Estudantil de Teatro, BH/MG; Diretor artístico e curador do 1Festival de Performance BH; Palestrante de Vídeo Conferência "As múltiplas linguagens da Performance Arte" Biblioteca Digital Multimídia Fundação Biblioteca Nacional, PUC Minas e Instituto Embratel, BH/MG.

2008- Turnê do projeto “CePiáXiíCatu”, com apresentações em Belo Horizonte, Ouro Preto (MG), Mariana (MG), São Carlos (SP), São Paulo SESC/MIS, Vitória (ES) e Rio de Janeiro MIS/MAM; Trilha Sonora " Arriscamundo" Oficinão do Galpão; Trilha Sonora "O Cara Preta" Cia Maldita de Investigação Teatral, BH/MG; Oficina "Corpo Sonoro" juntamente com Lenine Martins no Galpão Cine Horto; Direção Musical da peça "Estamos trabalhando pra você" CEFAR BH/MG (dir: Lenine Martins).

2007- Sons e imagens do espetáculo “A MIM-AMNÉSIA” CEFAR (dir.Lenine Martins); Oficina “Trilha Sonora para Vídeos” II Ciclo de Estudos Audiovisuais – A Tela e o Texto BH/MG; Oficina “Instalação Sonoro-Visual Projetando o Mito Chico Rei” no Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana/MG; Oficina “Corpo Sonoro” CEFAR; Oficina “Da criação à Gravação” Centro Cultural Vila Marçola/BH; Trilha Sonora “HOMINI” Teatro Universitário/UFMG; Selecionado para o projeto “IMPROVISÕES” do Teatro Marília/BH, improvisação intermídia com performers, sons e imagens.

2006- Criação “CepiáXiíCatu” (Eu Coração Dou Bom), uma leitura multimídia para o cineasta Humberto Mauro, criação de vídeo e trilha sonora executada ao vivo com o pianista Gilberto Mauro, apresentações no Cine Humberto Mauro do Palácio das Artes, BH/MG, no MIS(RJ,SP), MAM-RJ; Criação áudio-visual do projeto de dança “Por que tão solo?” em parceria com Tarcísio Ramos e Gabriela Christófaro; Direção Musical e Iluminação da peça "Cem Mil Derradeiros Instantes" CEFAR BH/MG, (dir. Marcelo Bones).

2005- Vídeo-performance "Vagalumes do Asfalto" V Encontro Internacional de Performance e Política das Américas UFMG/Universidade de Nova Iorque; Co-produção CD "aurum Parapoukos" Gilberto Mauro Group; Turnê  internacional na cidade de Paris/França com o Grupo Cappella em Trio, Projeto Ano do Brasil na França; Direção Musical da peça "Cósmicas" CEFAR BH/MG, (dir: Lenine Martins).

2004- Instalação áudio visual “Homem 70% água - Terra 70% água” 3ª Zona de Ocupação Cultural do CCBH; Criação e Direção “Performance Multimídia 30 de setembro de 2004” Cabaré Voltaire, Centro de Cultura Belo Horizonte; Trilha Sonora  “Meninos e Monstros” Cia Lunática, Ouro Preto,MG; Direção Musical da peça "O Balcão" CEFAR BH/MG (dir: Lenine Martins); Vídeo-performance "Vagalumes do Asfalto" II Mostra Minas de Cinema e Vídeo SESC/MG; Trilha Sonora e Iluminação "Casa das Misericórdias" Cia Maldita de Investigação Teatral, 36º Festival de Inverno da UFMG em Diamantina/MG e no Fórum das Artes,UFOP-Ouro Preto/MG; Professor da Oficina “Processos de Criação Colaborativa” junto com a Cia Maldita de Investigação Teatral no Fórum das Artes UFOP, Ouro Preto/MG; Trilha Sonora Performance “OH HO” Adyr Assumpção, BH/MG; Direção musical e preparação instrumental "De pobre a Nobre" Cia. Lúdica de Atores; Apresentação"Casa das Misericórdias" Cia Maldita de Investigação Teatral-VII FIT - Festival Internacional de Teatro Palco e Rua, BH,MG.

2003- Vídeo-performance “Vagalumes do Asfalto”, selecionado na área de vídeo experimental para a I Mostra de Cinema e Vídeo do SESC de Minas Gerais; Direção musical e preparação instrumental "Hamlet em 15 minutos" Cia. Lúdica de Atores; Direção Musical "Bendita voz entre as mulheres" Grupo do Beco BH/MG; Direção Artística e Coordenador da Oficina Transversal (integração de música, poesia, artes plásticas, teatro, dança e vídeo) no Projeto Arena da Cultura Secretaria Municipal de Cultura BH/MG; Direção musical e preparação instrumental“A viagem de um barquinho” Teatro Negro e Atitude, BH,MG; Direção Musical das peças "A Barrigada" (dir: Ângela Mourão) e "Guernica" (dir: Carlos Gradin) CEFAR BH/MG;Trilha Sonora do espetáculo “Casa das Misericórdias” Cia Maldita de Investigação Teatral BH/MG.



2002- Criação de vídeo para a cena curta de linguagem experimental “Os Strippers” Festival de Cenas Curtas do Galpão Cine-Horto; Direção Artística no Projeto Arena da Cultura Trabalho de integração entre grupos de dança, teatro, música e artes plásticas BH/MG; Direção musical e preparação instrumental "Falstaf no Bananal" Cia. Lúdica de Atores; Paisagens sonoras e bateria "Ele o Outro" Dir. musical de Chiquinho de Assis Ouro Preto/M.G; Iluminação performance "Pessoalidades" Questão Z Cia Cênica BH,MG; Trilha Sonora"Fabulário"peça(dir.Luiz Carlos Garrocho); Direção Musical das peças "O caso Woyzek" (dir: Lenine Martins) e Vereda da Salvação (dir: Marcelo Bones) CEFAR BH/MG.

Comentários